PENSE SEMPRE POSITIVO

PENSE SEMPRE POSITIVO - VALE A PENA RECORDAR: SERÁ QUE A HIPNOSE FUNCIONA PARA TERAPIA?

Publicado em 21/06/2016 01:00:09

SERÁ QUE A HIPNOSE FUNCIONA PARA TERAPIA?


Posted on 16/12/2010 by Penso Sempre Positivo under - Hipnose, Artigos

SERÁ QUE A HIPNOSE FUNCIONA PARA TERAPIA?


Publicado em 22 22America/Sao_Paulo setembro 22America/Sao_Paulo 2009 por valdecycarneiro 

SERÁ QUE A HIPNOSE FUNCIONA PARA TERAPIA?


Estudos realizados pelo psicólogo americano Alfred A. Barrios, em 1970, compararam a efetividade terapêutica de três modalidades, a saber: Psicanálise, Terapia Comportamental e Hipnoterapia.


Os resultados obtidos por Barrios, disponíveis em “Hipnoterapia: uma reavaliação (Hypnotherapy: a reappraisal)”,  levaram à seguinte conclusão:


TERAPIA UTILIZADA TEMPO MÉDIO DE TRATAMENTO Nº MÉDIO DE SESSÕES SUCESSO NO TRATAMENTO

Psicanálise 11 anos e meio 600 sessões 38%

Comportamental 6 meses 22 sessões 72%

Hipnoterapia 1 mês e meio 6 sessões 93%

Não só os estudos de Barrios, mas a prática clínica de profissionais sérios, tem demonstrado cada vez mais que a hipnose não é somente útil para a remoção de sintomas, porém, tem-se mostrado efetiva em tratamentos de distúrbios os mais diversos, como:


Alcoolismo;

Tabagismo;

Ansiedade;

Depressão;

Síndrome do Pânico,;

Estresse Pós-Traumático (TEPT);

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC);

Fobia Social;

Asma;

Rinite alérgica;

Dermatites;

Síndrome do Intestino Irritável (SII);

Distúrbios Sexuais Masculinos: falta de desejo sexual, impotência, etc;

Distúrbios Sexuais Femininos: falta de desejo sexual (frigidez), falta de prazer (anorgasmia), etc;

Inabilidade para tomar decisões;

Fobias diversas

Etc, etc…..

Não é à toa que, no Brasil, instituições de sólida reputação têm investido na pesquisa e divulgação do uso terapêutico da hipnose, tais  como o Hospital das Clínicas da USP (Universidade do Estado de São Paulo) – que possui uma Escola de Auto-Hipnose para Fibromiálgicos, brilhantemente dirigida pelo Dr. Jacy Silva; e a UNIFESP (Universidade Federal do Estado de São Paulo) – que mantém o Grupo de Estudos de Hipnose, que já completou dez anos de atividades, dirigido com maestria pelo Dr. Osmar Colas. Temos ainda a Sociedade Mineira de Hipnose, presidida pelo psicólogo e psicanalista Gastão Ribeiro, que também dirige o Projeto Trauma Infantil; a Sociedade Brasileira de Hipnose e Hipniatria, dirigida pelo Dr. Luiz Carlos da Mota Lima, em Ribeirão Preto; há também os diversos Instititutos Milton Erickson espalhados pelo Brasil; enfim, paro de relatar para que a lista não se torne demasiadamente grande.


Como se pode perceber, a hipnose clínica (hipnoterapia) brasileira, hoje, nada deve à hipnose mundial, aliás, tem sido grande contribuinte com material de estudo e profissionais da mais alta qualidade.


Quem quiser aprender mais sobre Hipnose, este mês de outubro, dias 10 e 11, estaremos organizando, em São Paulo, mais um curso de Hipnose e Letargia com o Dr. Paulo Paixão, hipnoterapeuta mundialmente renomado, que já ministrou cursos em toda a América Latina e em outros vários países, além de ter escrito seis livros sobre hipnose e letargia (Técnica Letárgica) e traduzido o livro A Hipnose de Hoje, da Dra. Galina Solovey.


OBS: Re-Postagem autorizada pelo Autor desse Artigo em 16 Dezembro de 2010 no

blog penso sempre positivo, confira a matéria clicando no botão abaixo:

.

 

 

 



Fonte: WORDPRESS PENSO SEMPRE POSITIVO





Comentarios